• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Postado em

DSC_3955

A Pinacoteca é, na minha humilde opinião, um dos museus mais “ricos” de São Paulo: a começar pela beleza de sua arquitetura, o prédio que data do ano de 1900 é feito com tijolos aparentes, na região da Luz, centro de São Paulo, além, é claro, da grandiosidade de seu acervo e importantes exposições que lá são exibidas.

DSC_3985

DSC_3989

Na última vez que fui a Pinacoteca, fomos surpreendidos por um coral de crianças, que cantavam músicas brasileiras – muito bacana!

DSC_3963

Nesse museu, o grande destaque é a arte brasileira. Minha recomendação é de que você visite o Museu começando pelo ultimo andar, sala 1 – a Pinacoteca narra a história de nosso país desde o século XVIII, através de obras de aclamados artistas como Lasar Segall, Benedito Calixto, Cândido Portinari, Tarsila do Amaral, Di Cavalvanti, dentre outros. Incluem-se também muitas obras de artistas estrangeiros que estiveram no Brasil em determinado momento.

DSC_4009

DSC_4006

Destaque, no lado direito: “O Mestiço”, de Cândido Portinari

DSC_4028

DSC_4029

É importante começar da sala 1, como mencionei acima, para apreciar as obras de forma cronológica, que tem seu início no Brasil colonial e chegam até o século XIX, com muitas obras que relatam o cotidiano das pessoas naquela época.

DSC_4036

DSC_4034

DSC_4026

Existem 4 salas que ficam nas extremidades e abrigam obras temporárias – atualmente, contam com parte do acervo do Museu Paulista (conhecido como Museu do Ipiranga), que está fechado para reforma, infelizmente sem previsão de reabertura.

Obras do Museu do Ipiranga temporariamente expostas na Pinacoteca:

DSC_4013

Água de rios brasileiros

Água de rios brasileiros

Além das pinturas, nos corredores também são expostas algumas esculturas, tem bancos para você descansar e tomar um fôlego para continuar o seu passeio rss

Para recarregar as energias

Para recarregar as energias

No andar térreo, são abrigadas as exposições temporárias – eu já fui algumas vezes à Pinacoteca e tive a oportunidade de apreciar diversas exposições – você pode acompanhar aqui no site oficial quais as próximas e se programar.

DSC_3984

Papéis de revista: dá pra acreditar??

DSC_3981

Exposição temporária com espelhos

Exposição temporária com espelhos

Descendo mais um andar, ficam algumas obras na parte externa, um charmoso café que dá acesso ao Parque da Luz, oficina de atividades e painéis que contam a história do Museu, destacando algumas obras.

DSC_3987

Mesinhas do café

Mesinhas do café

DSC_4049

DSC_4051

Além de tudo de bacana que a Pinacoteca tem para mostrar, o acesso é fácil (pertinho da estação Luz do metro e estacionamento gratuito), ingresso baratinho (e gratuito aos sábados). Aproveite seu passeio para conhecer o Parque da Luz, que também conta com bonitas esculturas e um laguinho (só fique atento com máquina de fotografar, é bastante movimentado por lá) e siga para o Memorial da Resistência, que está incluso no seu ingresso e é tema do próximo post aqui no blog 🙂

Pinacoteca

Endereço: Praça da Luz, 02 – na frente da Estação da Luz

Estacionamento grautito no Largo General Osorio, 66 – Bairroda Luz – São Paulo

Horários: Quarta a segunda das 10 as 17:30

Ingressos: R$ 6,00 (Inteiro) com direito ao Memorial da Resistencia. Gratuito aos sábados

Site: http://www.pinacoteca.org.br/pinacoteca-pt/

Postado em

Fundada em 1948 por imigrantes holandeses que vieram ao Brasil no pós Guerra, Holambra (junção de Holanda + América + Brasil) tornou-se um município em 1991 e hoje pode ser considerada a pequena Holanda Brasileira. Localizada a apenas 130 kms de São Paulo (pertinho de Campinas), a cidade atrai, todos os anos no mês de […]

Postado em

Quer aliar um passeio de catamaran pelo mar maranhense com uma visita a uma cidade que parece ter parado na época colonial? Então inclua Alcântara no seu roteiro quando for visitar São Luís! Os passeios saem diariamente de São Luís (se não me engano, na parte da manhã apenas) bem próximo a Reviver, região central […]

Postado em

A cerca de 200 kms de São Paulo, na região do Vale da Mantiqueira e distante cerca de 40 kms da badalada Campos do Jordão, fica a tranquila e bucólica cidade de São Bento do Sapucaí. Resolvemos passar um final de semana na cidade, para descansar e desligar um pouco da correria daqui de São […]

Postado em

Eu confesso a vocês que rolava uma grande expectativa da minha parte em experimentar o Buffet de café da manhã dessa padaria que, como o próprio nome diz, fica localizada na região da Av Paulista.  Adoro fuçar na internet indicações de restaurantes e lugares bacanas para tomar café da manhã e os “pães quentinhos e […]

Postado em

Quem aqui também se empolga quando chega o mês de Junho e começam a pipocar as tradicionais festas juninas Brasil afora?? Bom, eu sou uma dessas! Amo festa junina e sempre quis muito ir a um São João em Campina Grande ou Caruaru (ambas as cidades disputam o maior São João do Brasil!). Ano passado, […]

Postado em

São Roque fica a apenas 60 kms de São Paulo e é uma cidade super gostosa para fazer um bate e volta ou mesmo passar um final de semana. Ano passado fui com meus pais no Festival da Alcachofra e nos acabamos de comer (e comprar!!) essa delícia. Em abril passado, voltei com meu namorado […]

Postado em

Impossível que um casarão estilo neoclássico em meio a movimentada Avenida Faria Lima, cercada de prédios modernos, não chame a sua atenção! O Museu da Casa Moderna foi construído entre os anos de 1942 e 1945 para servir de moradia ao ex prefeito de São Paulo Fabio da Silva Prado e sua esposa Renata Crespi. […]

Postado em

Muita paz, tranquilidade e uma energia super positiva: foi isso, dentre outras coisas, que presenciei no Templo Zu Lai, o maior templo budista da América do Sul, localizado em Cotia, a cerca de 30 kms de São Paulo. Ainda que, como eu, você não seja Budista e pouco saiba a respeito dessa doutrina, esse é […]

Postado em

Quem é louco por hamburguer?? Eu sou uma fã confessa e tenho uma “pequena lista” de hamburgerias que quero conhecer rss. Meu irmão e minha cunhada foram a Tradi, vi as fotos dos hamburgueres e pronto – minhas lombrigas começaram a se remexer de vontade de conhecer. Pois bem, na semana seguinte lá estava eu […]