• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Dicas de Paris: tudo para programar a sua viagem!

Postado em

É com muita alegria (e saudades) que inicio essa série de posts com dicas de Paris para você ter todas as informações mastigadinhas para programar a sua viagem à Cidade Luz, que é o sonho de muita gente, né? Eu confesso a vocês que, apesar de já ter ido 2 vezes, voltaria todos os anos se possível hehehehe

Esse post tem o intuíto de ser um pequeno guia, um pontapé inicial para você começar a programar sua viagem – dicas, dúvidas e sugestões, usem e abusem do campo de comentários 🙂

Paris

Vamos pra Paris? 🙂

Indo a Paris

Precisa de visto?

Não é exigido visto para brasileiros que viajam à França a turismo (permanência máxima de 90 dias). Lembre-se de que seu passaporte precisa ter ao menos 6 meses de validade.

Para qualquer emergência, consulte aqui os contatos da Embaixada Brasileira em Paris.

Seguro Viagem?

Obrigatório, uma vez que a França aderiu ao Tratado de Schengen. A apólice do seu seguro pode ser solicitada na Imigração, então, não esqueça de fazer o seguro antes de embarcar!! O blog é afiliado da Real Seguro Viagem, contratando através dessa parceria você consegue uma boa cotação e o blog uma pequena comissão (você não paga nada a mais por isso!) 🙂

Clique aqui no banner abaixo para simular o seguro!

seguro_viagem_geral_468x60

Como ir do aeroporto ao hotel?

Paris conta com 3 aeroportos: Charles De Gaulle, Orly e Beauvais – saindo daqui do Brasil, você muito provavelmente vai desembarcar em Charles De Gaule, o maior aeroporto da cidade, e que, na verdade, fica a cerca de 30 kms da capital francesa.

Para ir de lá até o seu hotel, existem as seguintes opções:

Táxi:

Eu confesso a vocês que depois de encarar mais de 10 horas num avião, eu sempre vou de taxi ao hotel (é como se eu “incluísse” esse gasto junto a minha passagem aérea…rss) – a exceção foi Londres , onde meu amigo foi me buscar e partimos de metrô.

Prefira as companhias cadastradas, que você encontrará assim que sair do aeroporto, não caia na ladainha das dezenas de taxistas que te abordam quando você desembarcar. Não são transportes cadastrados, você fica à mercê de sabe-se lá quem…eu caí nessa bobeira na primeira vez que fui a Paris – cansada, acabei aceitando um dos muitos taxistas que ofereciam esse serviço, me arrependi quando vi que o carro estava num estacionamento, fiquei super receosa.

Felizmente foi tudo tranquilo, mas por que arriscar? Os taxis que saem do aeroporto tem preços fixos dependendo da região, pergunte antes de embarcar.

Reserve aqui seu hotel em Paris:

Trem:

Se você nunca foi a Paris antes, te recomendo, antes de mais nada, “estudar” o percurso de trem (e provavelmente metrô também) até o seu hotel. Não vá deixar para fazer isso na hora, carregando mala, tentando entender o mapa, no meio da muvuca e cansado (a) depois de longas horas de viagem!!

Você terá que, basicamente, comprar a passagem do trem e desembarcar na linha que dará acesso a linha de metrô mais próxima de sua hospedagem (o bilhete do trem dá direito ao percurso do metrô também).

Pessoal, não quero assustar vocês nem nada, mas os metrôs em Paris tem muitas escadas, então vá ciente do percurso que você tem que fazer e de que será um perrenguinho também rs.

Ônibus:

As empresas Roissybus e Le Bus Direct oferecem o serviço. Nos respectivos sites dessas empresas, você confere os horários e pontos de destinos – é provável que você precise de um taxi ou metrô para seguir caminho até o seu hotel. Você pode comprar os bilhetes no próprio aeroporto (tente sempre levar um dinheiro trocado daqui do Brasil).

Se por acaso você usar um dos outros 2 aeroportos, dê uma checada nesse post do Viaje na Viagem, com certeza vai te ajudar! 🙂

A imigração é tranquila?

França não é país que costuma dar problemas na Imigração não…basta você fazer a sua parte: passaporte com pelo menos 6 meses de validade, carregar na sua bagagem de mão a sua passagem de volta, voucher de hotel e o Seguro Viagem. Não é preciso falar francês! É bem provável que apenas vejam seu passaporte, perguntem o motivo da viagem (e olhe lá) e nada mais.

Faça tudo certinho que não tem problema! 🙂

Fuso horário

O fuso horário de Paris é GMT + 1 hora – ou seja, se desconsiderarmos o efeito de horário de verão aqui no Brasil e lá em Paris, dá uma diferença de 4 horas a mais (considerando o horário de Brasília).

Veja aqui que horas são em Paris.

Qual a melhor época do ano para ir a Paris?

Engraçado que não gosto de viajar carregada de casacos mas, nas 2 vezes em que fui a Paris, foi em nosso Carnaval, Fevereiro, auge do inverno lá (escapei da neve por pouco…rs)

Primavera (21 de março a 21 de julho): Tá aí uma estação em que eu gostaria de ir a Paris! Temperaturas amenas, período escolar no hemisfério Norte, ou seja, em teoria não seria uma época muito cheia de turistas. Pode ser um periodo um pouco chuvoso.

Verão (21 de junho a 20 de setembro): temperatura média de 25 C. Em Julho, em virtude das férias no Hemisfério Norte, a cidade pode ficar bastante cheia (ou seja, mais filas em museus, restaurantes e hotéis mais caros). No entanto, o que eu amo no verão da Europa é que demora muito para anoitecer (as vezes lá pelas 20, 21 horas…).

Outono (21 de setembro a 20 de dezembro): deve ser um charme Paris com as folhas caindo…e nessa estação ainda não está aquele frio de rachar, dá para curtir a cidade sem grandes multidões…certamente um período a se considerar!

Inverno (21 de dezembro a 20 de março): Leve na bagagem casacos, gorro e luvas…os dias escurecem mais cedo e você ainda poderá ter que encarar a neve (escapei nas 2 vezes, ainda bem rss). Eu particularmente acho que o inverno tem o seu charme mas confesso que o põe e tira de luvas, casacos as vezes cansa um pouco. As atrações turísticas tendem a estar muuuito mais tranquilas do que se comparadas ao verão por exemplo. A temperatura máxima nessa estação pode ser inferior a 10C.

Jardins du Luxermbourg no inverno

Jardins du Luxermbourg no inverno

Como se locomover em Paris?

Metrô!! A cidade é praticamente toda bem servida por linhas de metrô e trem – nem pense em alugar carro, você só vai se estressar, vai ter que se preocupar onde parar o carro, enfim, bobeira total.

No próximo post, vou explicar em detalhes (e com fotos!) como funciona o metrô de Paris e como vale mais a pena para você comprar os bilhetes! Fique ligado (a) e continue aqui no Ciao Viaggio (para não perder nenhum post, inscreva seu email no campo “Receber atualizações do blog”).

Tomadas

Por favor, não esqueça de levar adaptadores!! Na primeira vez que fui a Paris, esqueci e fiquei desesperada ao notar que não teria como carregar a minha camera…saí correndo e comprei esse aí da foto, que tem adaptadores do mundo todo, assim não passo mais perrengue rss

untitled

Como ligar para o Brasil?

Disque 00 + operadora +código da area + número do telefone.

Lembre-se de que se você receber ligações de pessoas daqui do Brasil, pagará o roaming.

Onde ficar?

Você vai andar muito de metrô em Paris, logo, recomendo que se hospede próximo a uma estação. Essa é a primeira dica, mas em Paris é importante ver bem em que região se hospedar…algumas delas podem ser um pouco complicadas, principalmente a noite.

Essas regiões que mencionei acima chamam-se arrondissements em francês e a cidade é desmembrada em 20 deles, sendo a 1 a mais central. É muito fácil identificar qua região quando você estiver procurando um hotel (pesquise no banner do Booking aqui abaixo) – ao lado do endereço, vai aparecer a indicação, como 75017 – os dois últimos números são o que identificam o arrondissement do lugar.

Para você ter uma ideia básica, dê uma olhada no mapa abaixo, com as principais atrações turísticas da cidade e os respectivos arrondissements. Eu te recomendaria ficar entre o 1 e o 8, principalmente se for sua primeira vez na cidade.

map-paris

parismap360.com

Uma coisa que já adianto a vocês: a relação custo x benefício dos hotéis em Paris são muito ruins. Paga-se muito por quartos antigos e super pequenos – a maioria dos hoteis econômicos  não oferecem café da manhã ou são cobrados a parte. Nesse ultimo caso, minha recomendação é de dispensar o do hotel e cada dia conhecer um café bacana na cidade 🙂 AMO!

Para pesquisar um hotel em Paris, clique aqui no link abaixo e boa viagem 🙂

Como levar dinheiro?

Saudades dos tempos do Visa Travel Money, em que se pagava apenas 0.38% de IOF, não precisava carregar dinheiro, enfim…foi bom enquanto durou…rs

Eu fiz um post (modéstia à parte) bem bacana para site Finanças Femininas falando sobre qual dinheiro levar numa viagem internacional – dê uma conferida clicando aqui!

Não falo francês, dá para me virar?

Eu só sei falar “Bon jour”, “Mon amour”, ” Je ne parle pas français” , “Excusez-moi“, “S’il vous plait” e “croissant” hahahahahaha e confesso que não passei perrengue nenhum em Paris…

E sabem a fama que os franceses tem de antipáticos? Pois essa teoria foi por água abaixo na última vez que estive em Paris, com a minha mãe…primeiro um senhorzinho me viu tentando “decifrar” um mapa das ruas, no metrô, e veio tentar nos ajudar…respondi que não falava francês e ele insistiu, apontando pro mapa, um fofo. Em outra ocasião, mais uma vez eu com um olhar enigmático para um mapa (“A” perdida hahahahhaha) quando um casal de meia  idade se aproximou…falamos em inglês e eles nos contaram que estiveram várias vezes aqui no Brasil, nos ajudaram a nos localizar…simpatia pura!

Inglês é sempre bem vindo, onde quer que você vá, mas Paris é uma cidade bem sinalizada, tenho certeza de que você não terá muitas dificuldades não…

 

Espero que essas dicas te ajudem a começar a planejar sua sonhada viagem a Paris!! Continue acompanhando o blog que tem muuuuitas outras dicas para você!!

0 Comentários para “Dicas de Paris: tudo para programar a sua viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *