• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Barreirinhas: a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses

Postado em

A grande maioria das pessoas que viaja aos Lençóis  hospeda-se na cidade de Barreirinhas, conhecida como a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses! Isso porque é a cidade com a melhor infra-estrutura de hotéis, restaurantes, mercados, farmácias, enfim, coisas que não encontramos com facilidade em Atins e Santo Amaro, por exemplo. Além disso, é lá que você encontrará uma boa oferta de empresas de turismo oferecendo passeios diversos pelos Lençóis.

Fui com uma amiga e decidimos nos hospedar num hotel um pouco mais longe do centro, pois tinha uma piscina enorme para aproveitarmos hehehehe – como oferecia transfer ida e volta ao centrinho, não tivemos problema algum. Apenas numa noite, em que encontramos as amigas que fizemos em São Luís, perdemos a hora da volta mas lá no centrinho tem bastante oferta de taxi e mototáxi – qualquer trajeto de taxi custava R$ 20 (Base Junho-15), então foi super tranquilo!

Tem diversos passeios que podem ser feitos nas proximidades de Barreirinhas, como: Circuito da Lagoa Azul, Circuito da Lagoa Bonita, Caburé, passeio de voadora pelo Rio Preguiça, flutuação com bóia pelo Rio Formiga…com exceção do passeio de voadora pelo Rio Preguiça, que falarei no próximo post, todos os demais levam meio dia para serem feitos.foto-1

Chegamos em Barreirinhas por volta da hora do almoço – logo que chegamos já reservamos o passeio a tarde, para o circuito da Lagoa Bonita, e fomos ao hotel fazer check in e almoçar. O jipe veio nos pegar no hotel, como era mais afastado, fomos as últimas a subir e assim não precisamos fazer a “peregrinação” de hotel a hotel para pegar os demais viajantes (ao menos na ida…rs).

Lençóis Maranhenses

Lagoa Bonita

Todos os passeios que fizemos a partir de Barreirinhas foram da seguinte forma: o jipe nos pegava no hotel, junto com outros turistas, e seguíamos para pegar a balsa que atravessa o Rio Preguiça, o que leva poucos minutos – o Toyota também subia, pois continuaríamos a viagem com ele, num trajeto de cerca de 45 minutos. Antes de pegar a balsa, tem algumas lojinhas para você comprar comes e bebes – depois disso, esqueça!

As lagoas mais próximas a Barreirinhas são a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita – cada uma delas leva meio periodo de passeio. Como tínhamos a tarde do nosso primeiro dia disponível, lógico que já agendamos um passeio, e a opção foi pela Lagoa Bonita – nenhum motivo em particular, mas gostei muito das fotos que vimos na agência de turismo, em especial a do por do sol!

Momento: "amiga, tira a foto logo antes que a lagoa encha de gente!"

Momento: “Amiga, tira a foto logo antes que a lagoa encha de gente!”

O jipe segue por umas estradas estreitas de areia, passa por algumas lagoas e em muitos momentos pensei que o carro atolaria (o que de fato aconteceu quando fomos a Santo Amaro). Prepare-se para muito “sacolejo” durante o trajeto hehehehe para quem tem o estômago mais sensível, melhor não abusar de comidas muito pesadas antes do passeio, ok?

O carro parou e nossa visão era de uma imensidão de dunas!! É nessa hora que você terá que por as pernocas para trabalhar e terá se arrependido de todas as aulas perdidas na academia…rs… Pensa que você está debaixo de um sol escaldante, subindo uma montanha de areia fofa, que facilmente passa de suas canelas?? Tem que ter força, chapéu (algum que prenda embaixo, senão ficará perdendo toda hora, como eu) e MUITO protetor solar, mesmo que você não seja uma pessoa branquela como eu!

Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses

Mas calma, esse sacrificio tem recompensa…ô se tem!! 🙂

 Nos esbaldamos nas lagoas, mas já adianto: são bastante cheias de turistas justamente pelo fácil acesso, se compararmos as minhas preferidas, em Atins e Santo Amaro, por exemplo. A visita à Lagoa Bonita nos deixou um gostinho de “quero mais”, de explorar outras lagoas mais desertas e cheinhas de água, o que felizmente conseguimos nos dias seguintes!

dsc_0997

foto-3

Ao final do passeio, subimos novamente as dunas para pegar o jipe, mas antes uma parada mais do que especial: ver o por do sol na Lagoa Bonita!! Fala se não é espetacular??

foto-7

foto-9

Hospedagem em Barreirinhas:

Se um dia eu voltar a Lençóis Maranhenses, ficarei em Barreirinhas novamente…acho que Atins e principalmente Santo Amaro são para os mais aventureiros, que realmente querem uma experiência mais roots e não se importam de abrir mão do conforto, como internet, luz, enfim…acho que não é meu caso hahahaha

Ficamos no Grand Solare, um resort super gostoso, um pouco mais afastado do centro. O ponto alto era a piscina, numa temperatura ótima e com um bar dentro (desvantagem que só podia pagar em dinheiro!), além do pier, que “causou” quando fui fazer o passeio pelo Rio Preguiça (todo mundo ficou olhando…rs).

O quarto era espaçoso e limpo, apenas o ar condicionado era um pouco barulhento. O café da manhã era bem gostoso e farto, só senti falta da tapioca (como assim ir ao Nordeste e não comer tapioca? hehehehe)

Endereço: Estrada Sao Domingos Mangaba s/n – Barreirinhas – MA

Reserve aqui:

Grand Solare Barreirinhas

Search Hotels

Destination
Check-in date
Check-out date

dsc_1235

dsc_1347

dsc_1230  dsc_1226

dsc_1225dsc_1222

0 Comentários para “Barreirinhas: a porta de entrada dos Lençóis Maranhenses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *