• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Holambra: a pequena Holanda brasileira

Postado em

Fundada em 1948 por imigrantes holandeses que vieram ao Brasil no pós Guerra, Holambra (junção de Holanda + América + Brasil) tornou-se um município em 1991 e hoje pode ser considerada a pequena Holanda Brasileira. Localizada a apenas 130 kms de São Paulo (pertinho de Campinas), a cidade atrai, todos os anos no mês de setembro milhares de turistas que visitam a Expoflora, feira em que centenas de expositores comercializam suas flores e plantas ornamentais a preços bem bacanas, principalmente se comparados ao que vemos aqui em São Paulo.

Portal Portal do Moinho Holambra

Portal do Moinho

Ontém fui com meu namorado visitar a Expoflora e ficamos embasbacados com a quantidade de pessoas!! Sério, não imaginava que fossem tantos visitantes, e, esse fato, somado ao calor, cansou um pouco…filas (enormes) para ir ao banheiro, para almoçar, algumas lojinhas nem tive coragem de entrar de tão cheias que estavam…logo, se você consegue ter uma folga durante a semana, recomendo que visite a feira nesses dias, e não aos finais de semana.

Uma pequena amostra da multidão

Uma pequena amostra da multidão

 Chegamos a Holambra por volta das 11 horas do sábado, algumas ruas estavam parcialmente interditadas por conta do evento, mas mesmo assim conseguimos parar o carro na rua, longe da muvuca, conhecer a pracinha da cidade e seguirmos caminhando – uma boa oportunidade para conhecermos o Deck do Amor (com direito a cadeados de caisais apaixonados) e o Lago Vitória Régia, o que não veríamos se tivéssemos ido direto ao estacionamento (R$ 35 o dia todo).

Praça no centro da cidade

Praça no centro da cidade

deck-do-amor Holambra

Deck do Amor

Pra dar todo um clima de romance ao deck, acreditam que até música tocava por lá? rsss. Mas podem confiar em mim: era bacana, nada brega não…

Paque Vitória Régia Holambra

Parque Vitória Régia

Quando entramos na Expoflora, uma pequena prévia do que viria pela frente: perdi um tempão para conseguir ir ao banheiro e ainda por cima, comprei o ingresso do dia errado (sexta ao invés de sábado), mas prontamente um funcionário trocou pra gente, sem complicações. Os ingressos custavam R$ 42 a inteira, mas se você se programar, pode conseguir bem mais barato (quem comprou em Maio, por exemplo, pagou R$ 16 a inteira). Logo na entrada da exposição, diversas barraquinhas com comidas, sendo muitas típicas da Holanda, como o delicioso stroopwaffel, batata frita no cone, waffles, etc.

Entramos para ver as flores e eu não resisti: lindíssimas e com preços muito bons!! Comprei um desses mini bonsais por R$ 12,70, mas lá você encontrava facilmente flores belíssimas a menos de R$ 10. Além do bonsai, comprei orquídea, lírios para dar de presente a mãe, avó e sogra, mini cactos para por no banheiro, sementes, trevos de 4 flores e um bulbo para plantar. Fiquei com vontade de terminar logo de arrumar a minha varanda para enchê-la de flores (confesso que o máximo que faço hoje em dia é regar minhas plantinhas, quem sabe não tomo gosto por cuidar, né?).

Expoflora

Expoflora

Expoflora

O legal é que você pode compra tudo o que quise, parcelar em até 2 vezes as compras acima de R$ 70 e deixar tudo no guarda volumes (R$ 6 por caixa, não incluso no ingresso) para então curtir um pouco da cidade.

Saindo da exposição, fomos almoçar…acho que ficamos uns 40 minutos na fila para conseguir comer a panqueca que eu morria de saudades desde que fui a Amsterdam (veja aqui meus posts da Holanda) – é gostosa, mas a da Pancake´s em Amsterdam era muitooo melhor (sera que o jeito é voltar pra lá?rss). O restaurante conta também com alguns pratos típicos em seu cardápio, como joelho de porco, pure de maçã – a culinária holandesa, na verdade, traz muitas referências da gastronomia alemã.

Holambra

Holambra

O restaurante onde almoçamos

Holambra

A panqueca!

Após o almoço, estava rolando uma apresentação de dança típica holandesa, com direito a tamanco fazendo bastante barulho, muito bacana, mas confesso que no calorão que estava, morri de dó dos dançarinos com essas roupas pesadas e escuras!

Assim que acabou a apresentação, parece que todo mundo teve a mesma ideia de ir conhecer o Espaço de Paisagismo…parecia 25 de Março na semana de Natal (paulistanos entenderão hahahaha) e eu já não sabia se seguia a multidão ou se voltava atrás…decidimos seguir, era bonito, mas nem deu pra curtir muito bem, com tanta gente apinhada naquele lugar quente, que mais parecia uma estufa.

Expoflora

Expoflora

Expoflora

dsc_4944

Holambra

Saindo de lá, quis conhecer uma loja que li super bem a respeito – chama-se Casa Bela – e é realmente uma graça…lá tem muitas peças de decoração e souvenir facilmente encontradas na Holanda, mas passamos rapidinho, estávamos cansados já de tanto calor. Eu queria muito conhecer o Museu da Holanda, mas ao mesmo tempo, queria ver a chuva de pétalas que começava as 16:30 – além disso, meu namorado queria conhecer o Moinho Povos Unidos, que também estava na minha listinha de atrações para conhecer.

Holambra

Holambra

Holambra

Holambra

Holambra

Fomos perguntar a uma moça da central de informações, isso eram umas 15:30 e ela recomendou que quem quisesse ver a Chuva de Pétalas, já seguisse para o local onde aconteceria o evento…nossa, nessa hora bateu uma preguiça!! Porque assim, gente, não tinha um banquinho sequer para sentar (tudo lotado) um calorão, gente que não acabava mais…meu namorado ficou meio preocupado de sairmos de lá com toda aquela multidão ao mesmo tempo…rsss…enfim, decidimos pular a Chuva de Pétalas, deixar o Museu para uma outra visita e seguimos ao Moinho. Para ir ao Moinho, precisamos pegar o carro, afinal, ele fica fora da Expoflora, de forma que tivemos que pegar as minhas compras para seguirmos.

Moinho Povos Unidos Holambra

Moinho Povos Unidos

Moinho Povos Unidos Holambra

Moinho Povos Unidos

O Moinho fica próximo ao Portal da cidade que, pelo pouco que conheci, achei uma graça! Limpa, bem cuidada, casas bonitas…me deu vontade de voltar, mas num outro momento, mais tranquilo, sem o evento, para podermos conhecer melhor, comer com calma e fazermos outros passeios oferecidos, como a visita ao Campo de Flores, ao Rancho da Cachaça e ao Sítio Estrela do Leste Arurá, que dizem ser ótimo para levar crianças…atrações essas que ficaram inviáveis para visitarmos em virtude do evento. Bom que assim sobram motivos para voltar, né?

Holambra Moinho Povos Unidos

Moinho Povos Unidos

Holambra

Site de Turismo: http://turismoholambra.com.br/

Expoflora

Endereço: Alameda Mauricio de Nassau, 675.

Site official: http://www.expoflora.com.br/

Estacionamento no local a R$ 35. Conseguimos deixar na rua, próximo a Av Mauricio Nassau

Ingressos 2016: R$ 42 a inteira e R$ 21 a meia. Crianças até 5 anos não pagam e adutlos acima de 60 anos pagam meia

Dica: se puder, planeje a sua ida a Expoflora. Quem adquiriu o ingreso até  maio pagou R$ 16 na inteira

Recomendações: roupas leves, chapéu e óculos de sol. Se na sua cidade de origem estiver um pouco frio quando sair, não se iluda: leve uma muda de roupas! Não me lembro de ter visto famácia no local, apenas uma Central de Primeiros Socorros, logo, não se esqueça de levar seus medicamentos.

 

0 Comentários para “Holambra: a pequena Holanda brasileira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *