• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Alcântara: um ótimo bate e volta de São Luís do Maranhão

Postado em

Quer aliar um passeio de catamaran pelo mar maranhense com uma visita a uma cidade que parece ter parado na época colonial? Então inclua Alcântara no seu roteiro quando for visitar São Luís!

Os passeios saem diariamente de São Luís (se não me engano, na parte da manhã apenas) bem próximo a Reviver, região central bastante conhecida da capital. Pegamos o catamaran e a viagem durou cerca de 1h30m – fechamos o passeio com o hotel e o grupo que embarcou conosco foi o que nos acompanhou por todo o dia.

Alcântara

Alcântara

Dicas importantes: não deixe de levar algum remédio para enjoo (muita gente passa mal no catamarã), filtro solar (o sol é de rachar o coco e não tem muito como se proteger!), chinelos, óculos escuros. O barco balança, é bem provável que você se molhe e enjoe um pouco, logo, recomendo um café da manhã leve.

Alcântara

Assim que desembarcamos do catamaran, somos levados a uma van para iniciar o passeio – nesse momento, já temos que escolher o nosso almoço (não incluso no passeio) através do cardápio apresentado por alguns funcionários pois a parada é um restaurante específico, não tem como optar por outro.

Alcântara

Igreja Nossa Senhora do Carmo

Nossa primeira parada no passeio foi na igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos – o guia nos contou que no século XVIII apenas os escravos frequentavam essa igreja, já que não podiam assitir à “missa dos brancos” – triste pensar que esse tipo de situação aconteceu aqui em nosso país, né?

A igreja tem estilo barroco e foi toda construída com madeira jacaranda vinda da Bahia – é repleta de influências brasileiras, como pinha, abacaxi, além do óleo de baleia, utilizado na argamassa. A influência portuguesa pode ser vista através do galo, localizado na torre da igreja.

Alcântara

Alcântara

 Seguimos caminhando pelas ruas de pedra da cidade. O guia nos contou que Alcântara já foi de extrema importância para o estado do Maranhão, sendo a cidade mais rica nos séculos XVIII e XIX, graças a produção de açúcar, arroz, algodão.

Alcântara

Alcântara

Durante a caminhada uma pausa para “colheita” hahahaha – um canteiro cheinho de trevos de 4 folhas!! Que custa trazer alguns para dar sorte, né?

Alcântara

Um fato super curioso sobre Alcântara: Dom Pedro II prometeu uma visita à cidade, o que gerou um grande alvoroço na alta sociedade local – todos queriam construir um grande palacete para receber Dom Pedro, que, por sua vez, nunca cumpriu a visita prometida à cidade.

Alcântara

Alcântara

Alcântara

Alcântara

Com a abolição da escravidão, mecanização agrícola, dentre outros fatores, a cidade passou a encarar o seu triste declínio. E hoje o que vemos passeando pela cidade são as ostentosas construções em pedras abandonadas, lindos prédios coloniais mal conservados, azulejos portugueses à mercê da sorte, sem restauração, enfim, uma judiação…

Alcântara

Alcântara

Igreja de São Matias

Alcântara

Alcântara nunca mais mais recuperou a importância do período colonial. Na década de 1980 passou a abrigar o CLA – Centro de Lançamento de Alcântara. Fechado à visitação, é de lá onde são lançados satélites, devido a sua posição geográfica.

Atualmente, o turismo é uma importante fonte de renda para a cidade – no mês de maio é realizada a famosa Festa do Divino, atraindo muitos turistas à histórica Alcântara!

2 Comentários para “Alcântara: um ótimo bate e volta de São Luís do Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *