• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Cãnion del Colca em 1 dia

Postado em

Pouco tempo, muitas cidades para se conhecer e uma vontade enorme de fazer mil coisas…hahahaha. Apesar de não ser perto, quem vai a Arequipa acaba incluindo o tour pelo Canion del Colca em seu roteiro. O passeio original é de 2 dias e 1 noite, incluindo trekking e hospedagem. Eu não dispunha desse tempo mas não queria abrir mão desse passeio por nada!

Quando chegamos ao hotel em Arequipa, perguntamos se eles indicavam uma agência que fizesse o tour de 1 dia e eles organizaram esse passeio pra gente (é fácil achar passeios de 1 dia em agências de turismo). Vou contar aqui pra vocês como funciona e o que achei.

colca10

Essas imagens era de tirar meu fôlego!

Antes de mais nada….

O que vou ver no Tour do Cãnion del Colca?

Além de paisagens lindíssimas de montanhas, vulcões, você verá os condores, maior ave voadora do mundo, cuja envergadura das asas pode chegar a 3,5 metros  – esse é o propósito do passeio, no final das contas.

Comecinho do passeio: montanha que não acaba mais!

Comecinho do passeio: montanha que não acaba mais!

Relato sobre o Tour

A agência de turismo viria nos buscar no hotel as 3 da manhã (Não, você não leu errado…três da manhã…rs) e  o hotel nos deu uma sacolinha com um lanchinho, suco e fruta.

Subimos na van e a guia nos entregou um cobertor…pensei: Ferrou! hahahahaha. Até porque, a aquela hora da madrugada, nem estava frio assim que precisasse da manta. Ao longo do caminho, no entanto, vinha um vento gelado do chão, que parecia que tinha um buraco na van, foi horrível!!

E não chegávamos nunca a lugar nenhum, era estrada a não acabar mais! Apesar de ter uma fileira de 3 assentos disponível pra mim, não consegui dormir pois era super desconfortável, eu não achava posição e o frio também estava incomodando bastante. Fui ficando um pouco de mau humor, mas tentando relaxar, afinal de contas, estava lá a passeio e por vontade própria, não é mesmo? Então sem mimimi…rs

Neve eterna no topo da montanha, no final de nosso passeio

Neve eterna no topo da montanha, no final de nosso passeio

A primeira parada foi na cidade da Chivay, a uns 160 kms de Arequipa, onde tomamos café da manhã. A cidade é famosa por seus banhos termais, a guia perguntou se queríamos fazer uma parada para isso (a um custo adicional para a entrada) mas ninguém topou. Não sei se alguém levou roupa de banho para isso, e o frio que estava lá fora era desencorajador, mesmo sabendo que as águas eram quentes.

Fizemos algumas paradas para fotos e finalmente, lá pelas 8:30, 9 horas, chegamos ao Canion del Colca – segundo a nossa guia, poderíamos ou não ver os condores (oiiii??? Viajei essas horas todas e não vou vê-los??) pois tudo dependia da sorte. Pelo amor, né?? Depois de horas e horas naquela van desconfortável, tendo acordado as 2:30 da manhã, eu não sairia de lá sem ver os condores de jeito nenhum!!

O Mirante do Colca

O Mirante do Colca

Quando chegamos, tirei umas fotos do Mirante, fiquei fascinada com a vista (não temos essa paisagem toda montanhosa no Brasil, então pra mim era novidade e eu amei!).

Aproveitei que os condores não apareciam de jeito nenhum para ir ao banheiro – para isso, era necessário descer vários degraus da montanha e aguardar na fila (banheiro feminino é terrível, né? As filas são sempre intermináveis…rs). Subi de volta meio ofegante (olhem a altitude fazendo efeito aí…rs) e fui procurar um lugar legal para ver os condores…e….NADA…

colca3

Até que de repente, todo mundo fala ao mesmo tempo: “Ooohhhh” e lá aparecem eles, dando um show de graça e elegância por entre as montanhas!

colca4

colca5

colca6

Simplesmente lindos!!

Eu parecia uma louca tentando ajustar o foco da câmera, mirar no condor e ainda conseguir uma foto boa…rss..alguns chegaram pertinho da gente, e é incrível como um pássaro tão pesado voa com tanta desenvoltura e beleza! Pareciam bailarinos…rsss

Adorei! Ficamos uns bons minutos por ali, dei uma olhada nos vendedores de artesanato mas não comprei nada. Voltamos a van e fizemos algumas paradas no meio do caminho para apreciarmos a vista.

colca7

colca8

colca9

Dicas:

  • Protetor solar, óculos de sol e chapéu/boné. O que fazia de frio em Chivay, compensou pelo calor quando chegamos ao Mirante
  • Muita água
  • Comida: como o passeio começa super cedo, leve com você um lanche, ou barras de cereal, biscoitos
  • Papel higiênico
  • Lenço umidecido (veja abaixo por que)colca13

As estradas eram de terra e o clima, de deserto. A van não tinha ar condicionado, logo, o motorista precisou deixar o vidro parcialmente aberto, ou morreríamos tostados tamanho era o calor. Como consequência, muita areia, né? Tome cuidado com sua câmera e óculos…naquele dia, a minha sensação era de ter areia até na alma.

Clima desértico nesse lugar!

Clima desértico nesse lugar!

Desde Cusco, meu nariz sangrava um pouco, devido a secura do ar e, nesse passeio, o desconforto foi ainda maior – levei lenços umidecidos tanto para higienizar as mãos como também para refrescar o rosto durante o trajeto na van, e recomendo!

Fizemos uma parada para almoço num buffet que já estava incluso no passeio e estava bom. Pratos típicos peruanos, como o lomo saltado, estavam presentes, assim como saladas e massa. Apenas a sobremesa achei que não valia a pena.

Depois do almoço, estávamos todos acabados de cansados –  paramos no centrinho de Chivay, fomos a igreja, passeamos pela feirinha de artesanato e voltamos a van para retornar.

colca14

Ainda na volta, paramos nesse local onde vimos muitas pedras colocadas uma sobre as outras, como na foto abaixo. Nossa guia explicou que essas são oferendas de agradecimentos.

As pedras funcionam como uma espécie de oferendas e agradecimentos

As pedras funcionam como uma espécie de oferendas e agradecimentos

A guia chegou a nos oferecer mais algumas paradas para fotos, mas estávamos todos podres…rs…e quisemos mesmo seguir viagem para Arequipa. Chegamos ao hotel de volta lá pelas 16 horas e confesso que eu mal podia esperar a hora de entrar no chuveiro. Arrisco dizer que esse foi um dos banhos mais esperados na minha vida! hahahahahaha

Preço: 120 soles, que pagamos no momento do check out do hotel. Almoço incluso, sem bebida.

Minha opinião sobre o tour

As paisagens são lindas, sem comentários! Diferente de tudo o que já vi, até porque essa viagem foi bem diferente das outras que já fiz.

O problemaé que o Canion del Colca é bastante longe de Arequipa, não entendi por que associam a cidade a esse passeio e, no final das contas, você passa mais tempo dentro do ônibus do que no passeio em si (ao menos nesse tour de 1 dia).

Não acho que seja um passeio indispensável, mas, apesar do cansaço e perrengue, eu gostei de ter feito e teria me arrependido se não tivesse ido. Se você curte trekking e tem disponibilidade de tempo, considere a opção de 2 dias e 1 noite; se não estiver a fim de longas caminhadas (lembre-se da altitude) ou não tiver tempo, como eu, o passeio de 1 dia é a solução. Agora, se você terá apenas 1 dia em Arequipa, eu dedicaria a conhecer a cidade e deixaria esse passeio para uma outra oportunidade.

Quer mais dicas para planejar sua viagem ao Peru? Confira todos os posts publicados nesse link aqui!

7 Comentários para “Cãnion del Colca em 1 dia

  • marcelo no dia escreveu:

    Oi , otimo relato, estarei indo para arequipa no dia 30/05 e vi que vc pagou 120 soles por esse passeio.

    Vc teria o contato desse passeio?
    aproveitando levando a moeda real seria facil trocar por soles??
    fico no aguardo
    obrigado

    Responder

    • Vanessa Macagnan no dia escreveu:

      oi, Marcelo, tudo bem?
      Fico feliz que tenha gostado do relato. Eu fechei o passeio diretamente com o hotel (chama-se Dream’s Boutique Hotel – http://www.dreamshotelboutique.com/es/) e não sei qual foi a empresa com a qual fecharam. Acho que é tranquilo você entrar em contato com eles e perguntar, sempre foram bastante solícitos. Uma agência que usei bastante no Peru e gostei foi a Responsible Travel Peru.
      Quanto a levar Reais, sinceramente acho ruim…você até pode conseguir em algumas casas de câmbio, mas as cotações não são legais (eu cheguei a ver em Lima, por acaso, enquanto meu amigo trocava Dolares por Soles). Eu levei dólares e também saquei soles por lá – tem mais algumas dicas sobre dinheiro nesse post: http://wp.me/p5n3Cn-oL
      Qualquer dúvida, é só falar. Abraços

      Responder

    • Emily no dia escreveu:

      Olá,

      Estou achando bem bacana os seus relatos. Este em especial vc lembraria do valor para o passeio sendo de dois dias?
      Gostou da guia?

      Responder

      • Vanessa Macagnan no dia escreveu:

        Oi, Emily, tudo bem? Se não me engano, foram cerca de 130 soles…a guia confesso que foi um pouco cansativa, mas nem é muito necessária no passeio, para falar a verdade…
        Abraços

        Responder

  • Claudia no dia escreveu:

    Oi Vanessa!

    Adorei a dica da viagem e a forma como criou o indice. Me ajudou bastante a planejar minha viagem!

    Obrigada! 🙂

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *