• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Um dia livre em Cusco (com visita a Museus, Centro histórico)

Postado em

No dia posterior à visita a Machu Picchu, a ideia era de passear pelo Centro Histórico de Cusco a nosso tempo, sem correria de “City Tour”, explorar alguns museus contemplados pelo Boleto Turístico, descansar um pouco e arrumar as malas, já que no dia seguinte faríamos o check out no hotel.

Momento confessionário: que difícil que foi escolher as fotos para esse post!! Será que exagerei na quantidade?rs

Catedral de Cusco

Catedral de Cusco

Acordamos, tomamos café e partimos pra rua!! Começamos por essa rua aí embaixo, na frente da Igreja de la Merced – meu amigo estava sentindo os efeitos da bananinha que comprou em Maras e foi tomar um chá de coca num café, enquanto isso, eu fui conhecer o Museo del Convento de la Merced – as fotos das obras não eram permitidas.

cusco3 Cusco1

Igreja e Convento (ao lado) de la Merced

Igreja e Convento (ao lado) de la Merced

Detalhes

Detalhes

O pátio é muito bonito e segue o mesmo estilo colonial de outros lugares que visitei no Peru. Nesse museu, você verá muitas pinturas da escola cusquenha (lembram que comentei no post da Catedral, que os incas passaram a pintar e esculpir figuras católicas?), bem como esculturas.

cusco4

cusco5

O horário de funcionamento é das 08 as 12 e das 14 as 17 horas, de segunda a sábado. O Museu é cobrado, se não me engano, paguei 6 soles (Base Set/14).

Quando cheguei, a Igreja, terceira mais importante de Cusco, estava fechada – seu horário de atendimento é de Segunda a Sábado das 7 as 7: 30 e das 17 as 20 e Domingos das 6 as 13 horas e das 18 as 20 horas (sempre verifique o horário antes de sua visita, os mesmos podem ter sido alterados).

Seguimos pela Av El Sol e paramos para observar essas escavações, numa rua antes destinada a carros e pedestres: eu perguntei a uma guia que nos acompanhou sobre essas escavações e ela confirmou que isso era bastante usual: muitos objetos e construções incas eram encontrados abaixo do solo, porém, pelo fato de Cusco já possuir ruas estreitas e congestionadas, após os estudos feitos pelos arqueólogos, esse espaço seria fechado…Uma judiação, mas compreensível…

cusco6

Ficamos passeando pela Praça, que é uma graça e super bem cuidada…e, apesar do grande número de turistas, não me senti insegura – a única coisa chata eram vendedores de passeios turísticos, que fingiam não ouvir o meu “No, gracias” a cada investida de nos vender um tour…

Plaza de Armas (Catedral e Companhia de Jesus)

Plaza de Armas (Catedral e Companhia de Jesus)

cusco12

Plaza de Armas

Bom, seguimos para a Iglesia de la Compañia, que, por fora, é até que bem parecida com a Catedral de Cusco. A entrada nos custou 15 soles cada (Base Set/14) e recebemos um CD, com um Guia de Visita e fotos diversas.

Iglesia de la Compañia foi construída em 1571 e precisou ser reconstruída em 1650, devido a um terremoto. O altar é muito bonito, com muitas esculturas feitas em madeira de cedro. É possível subir umas escadarias para se ter uma linda vista da Plaza de Armas.

cusco9

Eu não me aguentava de dor das pernas por conta de Wayna Picchu, além de o pé estar machucado por ter torcido mas mesmo assim insisti em subir as escadarias da igrejas para apreciar essa vista da Praça de Armas:

cusco16

Companhia de Jesus

cusco15

Plaza de Armas, vista da Companhia de Jesus

Acho que uma velhinha de 90 anos subiria e desceria escadas melhor do que eu nesse dia…rss…mas sabem como é capricorniana, teimosa que só…hahahaha…apesar do esforço, não me arrependi de ter subido não 🙂

 Aí resolvi almoçar…meu amigo tava mal, tomou só um suco…eu queria experimentar o hamburguer do Bembo’s, uma rede peruana…nossa, não gostei mesmo! Sem contar que depois me deu a maior dor de barriga (hahahahah abafa!)

Depois desse “almoço”, resolvemos encarar uma “missão”: ticar todos os museus de Cusco do nosso Boleto Turístico…e lá fomos nós a esses (os horários de funcionamento e endereços são informados no verso do Boleto Turístico).

Museo de Arte Popular:

Exibe peças de arte popular da região, tais como: cerâmicas, artesanatos, esculturas em madeira e pedra.

Museo Historico Regional:

Esse Museu exibe objetos do período pré inca,assim como pinturas e esculturas da “escola cusquenha”.

Museu Histórico Regional

Museu Histórico Regional

Museu de Sitio del Qoricancha:

cusco19

Foi nesse Museu que compramos o Boleto Turístico, lembram?

Lá era exibido um filme sobre a cultura inca e alguns objetos regionais, principalmente cerâmica.

Honestamente, não achei nenhum dos museus graaandes coisas – fomos porque tínhamos tempo e estavam contemplados pelo Boleto Turístico. Se você não tiver tempo de visitá-los, sem drama!

O  Museo Municipal de Arte Contemporanea e Monumento Pachacuteq ficaram de fora pois já estávamos bem cansados e meu amigo estava muito ruim por conta da bendita bananinha hahahahaha. Eu queria ter ido ao bairro de San Blás mas também estava bem exausta e com as pernas doloridas.

Resolvemos então voltar ao hotel, baixei as fotos, arrumei a mala…o dia seguinte, no Vale Sagrado, seria bastante intenso e eu estava ansiosa para conhecer 🙂

Rei Inca Pachacuteq na Plaza de Armas

Rei Inca Pachacuteq na Plaza de Armas

Programando sua viagem ao Peru?

Não deixe de conferir todos os posts já publicados aqui!

0 Comentários para “Um dia livre em Cusco (com visita a Museus, Centro histórico)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *