• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Viajando de trem pela Itália

Postado em

O trem é uma excelente forma de transporte na Europa: rápido, eficiente, não é preciso chegar com muito tempo de antecedência à estação e, quanto aos preços, muitas vezes valem a pena.
 
Eu usei trem pela primeira vez na Europa quando fui a Itália (depois usei em outros países também, super tranquilo) e tinha muitas dúvidas quanto à validação dos bilhetes (se era necessária a validação nas máquinas ou se era apenas apresentar ao funcionário do trem quando já embarcasse…).
 
Enfim, vamos por partes? 🙂
 
Como comprar passagem de trem? 
 
A empresa de trem mais conhecida na Itália é a Trenitalia, que agora tem também uma concorrente, Italo – não viajei por essa segunda, logo, falarei da minha experiência com a Trenitalia, porém, já li boas recomendações da concorrente.
 
As passagens podem ser compradas diretamente nos sites dessas empresas (que, por sinal, são muito parecidos) ou nos próprios guichês das estações de trem.
 
Vamos a um exemplo de compra pelo site da Tenitalia?
 
No lado esquerdo do site, você verá as opções de “Ida”, “Ida e volta”, Cidade de origem, destino, datas e horários:
 
 
Le Frecce: Mostra as opções de trens de alta velocidade
Turri i Treni: além dos trens de alta velocidade, mostra também os regionais – mais lentos e baratos.
 
Para nosso exemplo, no site da Trentalia, escolhi a opção Le Frecce, que se refere aos trens de alta velocidade e, logo abaixo Andata, ou seja, apenas o trecho Roma a Firenze, sem retorno. Insira a data, horário pode ser aproximado, e quantidade de pessoas. Clique em Cerca para verificar as opções de horários e preços:
 
 
Vamos supor que eu escolhi a primeira opção. Clique em Seleziona e abrirá uma tela com todas as categorias. Eu viajei de Standard e Business porque peguei uma promoção boa. Os trens de alta velocidade são muito bons, para viagens curtas essas categorias Standard atendem super bem:
 
 
Escolho o “Super Economy”. Basta selecionar essa bolinha e clicar em Continua.
 
Aparecerá uma tela de confirmação:
 
 
Logo abaixo, você precisará fazer o seu login. Sendo a sua primeira compra no site, selecione “Non sono registrado” e preencha os dados referentes a nome e e-mail. Logo depois, a forma de pagamento.
Você receberá via email a confirmação da compra. Imprima e leve esse bilhete com você.
 
 É preciso comprar a passagem com antecedência?
 
Depende. Para distâncias longas, que geralmente usam o trem de ata velocidade, recomendo muito comprar antecipadamente. Seria o equivalente a deixar para comprar uma passagem aérea de última hora (dadas as suas devidas proporções): você pode ter muita sorte de pegar uma promoção, mas o mais provável é que o preço esteja mais alto ou nem mesmo tenha disponibilidade.
 
Dica: A Trenitalia faz algumas promoções de passagens a EUR 9. Vi essa dica maravilhosa no site do Viaje na Viagem, mas eu infelizmente não consegui para as datas que viajei.
 
Vejam como exemplo esse percurso do item 1: Simulei uma viagem de Roma a Florença em 10 de julho e encontrei passagens a EUR 19. Depois, modifiquei a data para daqui a 2 dias e a passagem mais barata que encontrei foi de EUR 43:
 
No entanto, as viagens que são próximas, efetuadas com trens regionais, como exemplo: Florença a Pisa, Florença a Siena, dentre outras, não precisam ser compradas antecipadamente. Você as adquire nas próprias estações de trem, são baratas (cheguei a pagar alguns trechos por menos de EUR 5) e não possuem horário marcado, ou seja, basta você se atentar a todos os horários de trens que fazem o percurso e embarcar no mais conveniente a você.
 
Quanto tempo devo chegar antes à estação?
 
Para mim, 20 minutos foram suficientes. É o tempo de você conferir no telão a passarela do seu trem, dirigir-se até lá sem correria e procurar pelo seu vagão.
 
Validar os bilhetes, como faz?
 
Os bilhetes de trem precisam ser validados nas maquininhas, como esta da foto abaixo. Coloque o bilhete naquele compartimento preto e a máquina fará um furinho no bilhete. Esse bilhete poderá ser solicitado por funcionários do trem quando você já tiver embarcado e a não validação implica no pagamento imediato de multa, muito superior a preço da passagem, isso sem contar o vexame, né, gente? 
Essa validação na máquina é necessária para todas as viagens em que o bilhete não demonstra a data e horário da viagem, de modo que as pessoas não reutilizem os mesmos.
 
Nos casos dos trens de alta velocidade, que comprei pelo site da Trenitália e apresentam dia, horário, booking code, a validação não é feita nas máquinas. Todos os passageiros terão os seus bilhetes solicitados pelos funcionários da Trenitalia durante o trajeto.
 
Em caso de qualquer dúvida, consultem o guichê de atendimento da estação. Os guardas infelizmente não são muito solícitos a nos ajudar.
 
Atenção: Guarde o bilhete com você durante toda a viagem, pois poderá ser solicitado novamente.
 
Dicas:
  • Nas viagens que utilizam trens regionais, consulte os horários de saída dos trens para se programar e monitore através dos telões. Eu quando comprei a passagem a Pisa, não me atentei que o destino final era Livorno e, dessa forma, eu não conseguia visualizar para qual plataforma me dirigir. Fui ao guichê e a atendente me mostrou que eu deveria procurar por “Livorno” e não “Pisa”.
  • Bom, não custa falar: cuidado com as suas bagagens nas estações. Não é porque você está na Europa que está seguro.
  • Quanto às bagagens no trem: eu já havia lido diversas vezes as recomendações do Viaje na Viagem e segui as dicas direitinho – mala média! Realmente não há muito espaço para bagagens nos trens, logo quando você entrar no vagão verá um espaço para armazenamento de malas, podem ter outros no meio dos vagões também, e acima das poltronas. Mas repito: bastante limitados. Se não houver mais espaço para a sua mala, terá que procurar em outro vagão ou se virar com seus pertences.
  • Eu sempre tentei pegar assentos próximos às bagagens, então não cheguei a utilizar cadeado, mas recomendo. É entra e sai de gente em várias estações, não custa nada previnir, né?
Espero que as dicas tenham ajudado. Qualquer dúvida, utilizem a caixa de comentários abaixo! 

0 Comentários para “Viajando de trem pela Itália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *