• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Dicas de Roma

Postado em

Confesso que sou daquelas pessoas que quer aproveitar cada minutinho da viagem, acordo cedo, preparo informações e roteiros com meses de antecedência, enfim, eu realmente “Viajo na Viagem”…hahahhahaha
 
Adoro ajudar amigos a programarem suas viagens também e espero que as dicas abaixo ajudem a quem esteja indo a Roma!
Planeje sua viagem: Reserve aqui seu hotel em Roma

Transportes:

 Chegando em Roma via Fiumicino:
 
Cheguei em Roma via aeroporto de Fiumicino e já sabia que o aeroporto não conta com ligação para trem ou metrô: o jeito era pegar um ônibus que me deixasse no Centro de Roma (na época em que viajei vi algumas dicas no Viaje na Viagem) para então eu pegar o metrô e caminhar até o hotel ou pegar um táxi que já me deixasse “na porta”. Eu optei pela segunda opção, apesar de ser beeem mais cara (paguei cerca de EUR 80 numa van do aeroporto a Trevi, onde ficava o hotel), pois já estava super cansada da viagem (fiz SP – Munique – Roma) e estava sozinha, com mala, etc…
 
O taxista foi super simpático, me deu várias dicas sobre Roma e explicava os lugares por onde passávamos 🙂 Muito bacana. 
 
Visitando os pontos turísticos
 
O metrô em Roma é pequeno mas cobre praticamente todos os pontos “obrigatórios” para uma primeira visita a Roma.
 
Eu comprei o Roma Pass (mais informações a seguir), que dá direito a três dias de metrô  e/ou ônibus (expira a meia noite do terceiro dia, após a data da validação, inclusive).
 
Não usei ônibus em Roma, mas existe um site oficial em que você consegue visualizar qual linha utilizar ponto a ponto, informando ainda o horário em que o percurso deve ser realizado:

Veja aqui todos os posts de Roma

 

Roma Pass: Vale a pena?

 
O Roma Pass dá direito a três dias de transporte em Roma (Metrô/Ônibus), entrada gratuita aos dois primeiros museus que visitar (consulte no site do Roma Pass se o Museu escolhido é contemplado. O Museu do Vaticano, por exemplo, não é). Além disso, você consegue “furar fila” em algumas atrações.
 
Eu usei o cartão no Coliseu e Foro Romano (conta como 1 atração apenas) e nos Museus Capitolinos, além, claro, do metrô. 

Clique aqui e reserve o seu Seguro Saúde!

 
Onde comprar?
 
Eu comprei no próprio hotel onde me hospedei, mas pode-se adquirir no aeroporto, em tabaquerias ou comprar pela internet. Comprando-se pela internet, é preciso selecionar onde será o local da retirada e ficar atento aos horários de abertura e fechamento.
 
O cartão está custando EUR 34 atualmente. Como fiquei 4 dias em Roma, pra mim valeu muito a pena. Se ainda estiver em dúvidas se o cartão vale a pena para você, recomendo ver o site oficial do Roma Pass, que explica detalhadinho todas as atrações contempladas:)


Hospedagem:

Enquanto eu planejava a minha viagem, fiquei super indecisa quanto a região de Termini, que é próxima a estação de trem de Roma e conta com uma grande variedade de hoteis.
 
Muitos relatos diziam que é uma região mal encarada a noite, para evitar a todo custo enquanto outras pessoas diziam ser super tranquilo.
 
Bom, como já mencionei, eu estava sozinha e preferi não arriscar – passei pela região de Termini apenas para pegar o trem para Nápoles, foi muito rápido então infelizmente não tenho como opinar.
 
Hospedei-me na região de Trevi, no Hotel Azzurra, um 2 estrelas simples, porém, com localização excelente, limpo (isso é o que mais conta pra mim) e atendimento super atencioso. Recomendo!

0 Comentários para “Dicas de Roma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *