• Peru: Todas as dicas para programar a sua viagem!

Coliseu e Foro Romano

Postado em

Conhecer o Coliseu certamente é um dos maiores desejos de quem vai a Roma , e pra mim não foi diferente…logo enquanto chegava a cidade, o táxi passou bem próximo ao anfiteatro e eu só conseguia dizer “UAU”…hahahahaha

 

 
 
Mas tinha que ter só um pouquinho mais de paciência…o passeio aconteceria na manhã do dia seguinte, com calma, dedicando a esse monumento todo o tempo necessário que merece.
 
Comprei o Roma Pass, que dá direito a entrada gratuita aos dois primeiros museus/sítios arqueológicos. Cheguei cedo mas já havia uma considerável fila para a compra de ingressos, enquanto que a fila para os que já haviam comprado ingresso antecipado ou estavam com o Roma Pass, como eu….simplesmente não existia!!  Muuuito tranquilo!!

Ingressos sem filas? Veja aqui

 
 
 
Um pouquinho de história:
 
O Coliseu (Anfiteatro Flaviano) começou a ser construído no ano de 72 d.C no centro de Roma e levou cerca de 8 anos para ser concluído e, como sabem, foi utilizado para a realização de espetáculos diversos entre animais e gladiadores, de forma a entreter a população.
 
Já ouvi falar de pessoas que não se sentiram bem visitando o Coliseu (não foi o meu caso), porém, não dá para negar que esse lugar possui uma energia muito intensa.
 

 Embaixo da arena principal, existia uma espécie de “labirinto”, onde ficavam os gladiadores e animais. Esse espaço foi há pouco tempo aberto para visitação (eu não fui).

 
 
 
Saindo do Coliseu, logo me deparei com o Arco de Constantino, inaugurado no ano de 315 d.C para celebrar a vitória de Constantino na Batalha da Ponte Mílvio (que basicamente era uma disputa entre Constantino e Magêncio sobre o controle da parte ocidental do Império Romano):
 
Arco de Constantino
 
Alerta: Tem diversos homens vestidos de gladiadores na parte externa do Coliseu, assim como vendedores oferecendo de tudo: bugigangas, guarda-chuva, etc, etc. Super insistentes e chatos. Recuse educadamente e caia fora, sobretudo de tirar foto com os gladiadores (já ouvi falar que cobram bem caro depois).
 
Bom, saindo do Coliseu, segui pela Via Sacra, passei por uma igrejinha que não me lembro o nome e depois, enfim, segui para o Foro Romano.

A igrejinha cujo nome não me lembro 🙁
No Foro, você usa o mesmo bilhete do Coliseu – no caso de quem está utilizando o Roma Pass, essa visita não será “debitada” do seu cartão. 
 
Eu gosto muito de história mas confesso que é preciso imaginar muito o que seria o Foro Romano em meio àquelas ruinas todas. Eu não aluguei o audio-guia, talvez tivesse ajudado, porque achei tudo mal sinalizado e pouco cuidado.
 
Também existem diversos passeios agendados para o Coliseu e Foro Romano, mas não conheço ninguém que tenha contratado algum.
 
De qualquer forma, é incrível imaginar que esse lugar foi o palco de grandes decisões do Império Romano.
 
Dica: Não se esqueça de usar tênis bem confortáveis (o chão é bastante irregular), usar filtro solar e levar uma garrafinha de água – você não terá onde comprar lá dentro.
 
Informações úteis:
  • Como chegar: De metrô, descer na estação Colosseo
  • Ingressos: compre aqui o seu e fuja da fila!
  • Horários: 
  • Último Domingo de Outubro a 15 de Fevereiro:  8:30 – última entrada as 15:30 – fecha as 16:30 
  • 16 de Fevereiro a 15 de Março:  8:30 –  última entrada as 16:00 – fecha as 17:00
  • 16 de Março ao último sábado de Março:  8:30 –  última entrada as 16:30 – fecha as 17:30 
  • Último Domingo de Março a 31 de Agosto:  8:30 –  última entrada as 18:15 – fecha as 19:15
  • 1 de Setembro a 30 de Setembro:  8:30 –  última entrada as 18:00 – fecha as 19:00
  • 1de Outubro ao último Domingo de Outubro:  8:30 –  última entrada as 17:30 – fecha as 18:30
  • Fechado nos seguintes dias: 1 de Janeiro; 1 de Maio e 25 de Dezembro

0 Comentários para “Coliseu e Foro Romano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *